Isso está bombando nas redes, né? Mas será que é fake news?

➡️ Nas redes sociais comumente qualquer efeito relacionado a implante de #silicone é tratado como Doença do Silicone (que em inglês é Breast Implant Illness, embora possa ter outro agente desencadeador, já que:

➡️ Não existem exames para diagnosticar BII;⁣⁣⁣

➡️ Em pacientes com sintomas sistêmicos não existe evidência científica comprovando melhora destes sintomas com a retirada do implante e da cápsula;⁣⁣⁣

Além disso, algumas pacientes acreditam que os implantes de mama são definitivos, não realizando troca ou acompanhamento, o que pode aumentar a chance de qualquer sintoma relacionado à Doença do Silicone, que sim, existe!

Não a toa, a FDA (Food and Drug Administration) acrescentou às caixas do implante um aviso em setembro de 2020:⁣⁣⁣

▫️Implantes mamários não são vitalícios;⁣⁣⁣
▫️Implantes mamários foram raramente associados ao desenvolvimento de um câncer do sistema imunológico chamado BIA-ALCL. Existe tratamento para essa doença. ⁣⁣⁣
⁣⁣
⁣De qualquer forma, é fundamental que nós, cirurgiões plásticos, não vendamos soluções mágicas e nem neguemos sintomas e sensações que nossas pacientes estejam sentindo!

➡️ Não deixe seus exames de rotina de lado, eles são essenciais para sua saúde e para um bom e confortável resultado de cirurgias plásticas.
*
Publicação de caráter educativo e informativo, sem fins lucrativos, de acordo com despacho 143/2019 CFM, artigo 75. A postagem respeita a lei de liberdade econômica (lei1 3874/19), artigo 4, inciso VIII c/c artigo 5. Imagem ilustrativa, retirada de banco de imagens livre de royalties.